terça-feira, janeiro 31, 2006

Retrato do Poeta

"Retrato de Fernando Pessoa"
.
Retrato do Poeta*

Porém
se por alguém não sou ninguém
se canto e digo
flor
canção
amigo
a mim o devo
a mim e a mais quem
floriu
nasceu
cresceu
lutou comigo.
Homem que vive só
não vive bem
morto que morra só
é negativo
morrer é separar-se de ninguém
e contudo
com todos
ficar vivo
nado-morto da morte.
É isso
é isso
uma espécie de forno
de bigorna
de corno imorredouro que
transforma a infusão
metal do compromisso
forjar o conteúdo pela forma
marrar até morrer
e dar por isso..
*José Carlos Ary dos Santos*
*(poeta português)

Sem comentários: