sábado, outubro 20, 2007

Verso e reverso

"Verso e reverso"
(Foto de
Goga, Junho de 2007)

Verso e reverso*

Estão comprometidos com o sangue
o verso e o reverso desta medalha:
desfaz-se em palavras
o tempo de esperar tempo melhor
faz-se com nosso fôlego e nossa força
não importa morrer
veneno que brilhou no espaço
importa abrir a raiz
a dor de uma bala atravessando o cérebro
sem mais nenhuma palavra a dizer.

*Álvaro Alves de Faria*
*(poeta brasileiro
homenageado no X Encontro de Poesia Ibero-americana, em Salamanca; poema do livro "Em Legítima Defesa"; retirado daqui)

Sem comentários: