quarta-feira, dezembro 07, 2011

Estou No Meu Caminho

“Sandilar”
(Foto de Misha Gordin)

Estou No Meu Caminho*

Estou No meu caminho
Somente no meu caminho e nada mais
Correndo na velocidade de um míssil
Quilómetros infinitos a hora

Não quero moscas ao pé de mim
Pois não tenho açúcar para vos alimentar
Não quero falsas promessas e profecias
Porque não vou acreditar

Estou No Meu Caminho

Caminhando em linhas tortas
Mas sabendo direito aonde
Tenciono chegar
Não se aproxime muito
O Caminho é meu
E muito meu
Cada um no seu caminho
Todos atrás do troféu

Afaste do meu caminho
A maldição da inveja
Que herdaste dos teus presentes
E jogaste fora o amor herdado dos teus ancestrais

Estou No Meu Caminho

Distante de tudo e de todos
Que queiram aplaudir as minhas
Vitórias ilusórias

Em busca da liberdade infinita
Que tem o pássaro
Do sorriso ardente que tem
O sol e do Caminhar sem destino
Que tem o percurso dos rios

Estou No Meu Caminho…

*Sandro Feijó*
*(Poeta Universal; poeta angolano, 24 Agosto 2011)

Sem comentários: