terça-feira, setembro 04, 2007

Para ti

"I ♥ I Go"
(Tela em acrílico com colagem;
Mary Lou Zelazny, 2006)

Para ti*

O tempo passa
A vida acontece
A distância separa
As crianças crescem
O amor diminui
Os corações quebram-se
As carreiras terminam
Os trabalhos vêm e vão
Os colegas esquecem-se dos favores
Peço-te para vires, respondes que vens mais tarde
Queria que estivesses sempre lá
Não importa por quanto tempo...
Nem qual é a distancia
Tu nunca estás a mais...
Preciso que estejas lá
Pelos teus caminhos, sejam quais forem, estarei sempre lá,
Puxando por ti, alegrando-te, orando por ti, intervindo, esperando de braços abertos até
ao fim da tua caminhada.
Às vezes quebrarei as regras
Caminhando ao teu lado
Levando-te ao colo.
O mundo não será o mesmo se estiveres sempre lá
E nós também não
Quando decidi enfrentar o teu mundo
Não tinha ideia dos desafios, dos duelos, nem das alegrias incríveis que ia encontrar
Nem sabia do quanto iria precisar de ti.

*Suzete Madeira*
*(poeta moçambicana; poema inédito, 31/Agosto
/2007)

1 comentário:

Madalena Barranco disse...

Olá Suzete, parabéns por "quebrar as regras" e compor tão bela poesia, que representa com louvor o romantismo contemporâneo. Abraços.