sexta-feira, dezembro 22, 2006

(Um) Copo de Vinho

“Frutos e vinho”
(Óleo sobre tela por Vera Lúcia F.;
daqui)

(Um) Copo de Vinho*

Bem, você já chegou e senta-se
Agacha-se num assento
Toma a refeição e acalenta-se
Num gole de vinho que mal entendo

Como pode uma poção
Dessas mudar-nos assim
Bater mais forte o coração
E se você se prende a mim

Copo de vinho
Um copo de vinho

*Noé Guill*
*(a nova poesia angolana; poema inédito, Março/2006)

Sem comentários: