segunda-feira, fevereiro 07, 2011

Contratados

"Contratados"

(Bailundos contratados para a exploração do café, em Quitexe; foto retirada daqui)


Contratados*


Longa fila de carregadores

domina a estrada

com os passos rápidos


Sobre o dorso

levam pesadas cargas


Vão

olhares longínquos

corações medrosos

braços fortes

sorrisos profundos como águas profundas


Largos meses os separam dos seus

e vão cheios de saudades

e de receio

mas cantam


Fatigados

esgotados de trabalhos

mas cantam


Cheios de injustiças

calados no imo das suas almas

e cantam


Com gritos de protesto

mergulhados nas lágrimas do coração

e cantam


Lá vão

perdem-se na distância

na distância se perdem os seus cantos tristes


Ah!

eles cantam...

*Agostinho Neto*

*(poeta e político angolano (1922-1979); retirado da obra Sagrada Esperança)

1 comentário:

Fernando Ribeiro disse...

A fotografia que encima este artigo já deve ser bastante antiga. Nos princípios da década de 70, os "contratados" que trabalhavam nas roças de café usavam uma espécie de farda, composta por camisa e calções de ganga azul. Embora o seu aspeto não fosse tão andrajoso como o que se vê na foto, a sua situação era medonha. Permita-me que lhe indique o artigo que há poucos meses publiquei no meu próprio blogue sobre estes desgraçados:

http://amateriadotempo.blogspot.com/2010/09/aqui-comeca-o-inferno.html

Um abraço