quarta-feira, maio 24, 2006

É Dia de África

"Julgamento"º
(Acrílico sobre comprensado de madeira, de Malangatana, 1966)
.
É Dia de África*

Olh'é Dia de África!!!
Pois é…
como se o 25 de Maio
fosse o único dia
que África necessita
neste sistema sapal
onde muitos
se engendram,
parecem
e são
filantes ou sipaios,
corruptos e decrépitos,
ditadores ou senis.

É Dia de África!!!
Pois é…
tal como os outros dias
onde a vergonha
e falta de pudicícia
a apreensão e a sedição,
a míngua e a penúria,
o nepotismo e a corrupção,
a doença e a falta de prevenção
vivem em harmonia perfeita.

É Dia de África!!!
Pois é…
com um povo famélico que clama,
a o Mundo que observa
impávido e pacato
sempre pronto nas oferendas
que nunca,
ou tarde,
chegam…

É Dia de África!!!
Pois é…
para um Continente rico
em petróleo
e recursos hídricos,
em veios auríferos
e rios diamantíferos
mas…
uma cólera que se espalha
o sida que não pára
um paludismo endémico
um qualquer vírus que germina
um Continente mais que epidémico.

É Dia de África!!!
Pois é…
mas como gostava
que África
fosse notícia,
sempre novidade,
não por este dia,
não pela miséria,
não pela enfermidade
não pela corrupção;
que fosse
porque este dia,
é só,
deve ser,
mais um
entre 365 fúteis dias
de alguma normal reprodução
de um qualquer frívolo almanaque.

É Dia de África!!!
Pois é…
é tudo isso,
e muito mais que se não diz…
Mas é a minha África!!!!

*Lobitino Almeida N’gola
(Lisboa, 24.Maio.2006)
º (Pintura retirada do catálogo "Malangatana, Pintura" da Galeria Municipal Artur Bual, Amadora, 2000)

1 comentário:

C. Vilafanha disse...

Infelizmente África só é notícia pelas raz~es que o poema fala, muito por culpa dos seus governantes. Sou Angolano. Lamento que os governos de África, incluíndo de Angola sejam como são.
.
Pelo que já lí em alguns jornais, Luandino no seu estilo de vida abdicou de tudo, vive como um eremita.
.
http://toxicidades.blogspot.com